Super Nintendo (saudades…)

Baixo, frente, soco!

Marcas consagradas são motivos de fetiche.

Ai minha bolsa Prada.

Que delícia essa Perrier!

Pastilhas Valda, que refrescante!

Eu não tenho pira por marcas, com uma exceção: a Nintendo. Tive todos os consoles que a Nintendo já lançou: O Nintendinho, o Super Nintendo, o Nintendo 64, o Game Cube e, agora, o Wii.

É muito mais uma tara do que qualquer coisa, tanto que bate um certo arrependimento quando eu olho meu amigo jogando um daqueles maravilhosos jogos de Playstation 3. Eu volto pra casa e tudo o que me resta é bater uma partidinha de Boliche virtual.

E chorar sozinho na cama.

De qualquer forma, acho que o momento em que eu fui mais feliz na minha vida em termos de vídeogame foi na época que eu tive o Super Nintendo. Aquilo sim era console! Cada jogo meu…

Ai gozei.

Por isso, como é de praxe, resolvi bolar uma lista dos 10 melhores jogos de Super Nintendo. É uma lista completamente nerd e deprimente, que muita gente não vai entender. Para essas pessoas, digo o seguinte: nunca é tarde e, hoje em dia, com a prática do download ilegal, é possível baixar tudo quanto é jogo da Nintendo de grátis no seu computador.

Ficadica:

10 – Knights of the Round

Europa Medieval e a chance de jogar como Percival, rei Arthur ou Lancelot, num jogo bastante violento cujo objetivo era matar não só mercenários como também tigres e gaviões, Knights of The Round era a válvula de escape perfeita para expelir de maneira raivosa seus instintos nerds e arcaicos.

9 – Mario Kart

O começo de uma linda história de amor entre Kart e Videogames, Mariokart introduziu ao mundo o conceito de corrida/lutinha, com cascas de banana e os terríveis cascos vermelhos de tartaruga.

8 – Megaman X

A série Megaman era meio genial porque você jogava as fases na ordem que você quisesse, e ainda tinha a oportunidade de ganhar as armaduras dos chefes de cada fase, ganhando novos poderes. Dessa maneira, jogar Megaman se resumia a decifrar qual a ordem correta de se jogar o jogo, e em que hora é bom ter cada uma das armaduras. Enquanto escrevo as palavras “poderes” e “armaduras” me contorço de vergonha, mas a verdade é que Megaman X foi o auge dessa incrível saga do robozinho azul que lutava contra robozões malvados, num futuro horrível e tecnocrata.

7 – Super Street Fighter II Turbo

Uma das fórmulas mais bem sucedidas da história do videogame foi misturar pancadaria e sangue com esterótipos étnicos. E com esteréotipos eu quero dizer: um monstro verde respresentando o Brasil, um lutador soviético enorme e peludo que vestia apenas uma cuequinha. Poucas coisas são tão emblemáticas no nosso incosciente coletivo como esse jogo que, na sua incrível capacidade de ser preconceituoso, criou personagens inexplicavelmente inesquecíveis.

6 – Super Metroid

Um jogo meio sombrio, em que os monstros mais pareciam tumores malignos, com uma estética interessante e bem elaborada e que se tornou icônica da geração 16 bit. Em Super Metroid você jogava no papel de uma mulher que, vestida com uma roupa loucona, estava pronta para qualquer parada.

5 – Super Ghouls n’ Ghosts

Misturando temas aterrorizantes com traços cartunescos, Super Ghouls n’ Ghosts é um exemplo refinado de humor negro. Marcante mesmo era o personagem principal, que conseguia dar dois pulos: um do chão e um no meio do ar, dando à jogabilidade da coisa um tanto de versatilidade.

4 – Super Mario RPG – Legend of The Seven Stars

Super Mario RPG era um jogo que se parecia com tudo e não se parecia com nada. Múltiplas referências de imagem e estilo, Mario RPG se parecia mais com uma homenagem daquilo que a Nintendo já havia se tornado. Mas foi, também, um puta jogo animal, o primeiro em que Bowser era do seu time, junto com Mario, a Princesa e mais dois personagens novos: um duende e um homem nuvem. Coisa de japonês doente.

3 – Super Mario World

Bla bla bla que puta jogo.

2 -Zelda – A link to the past

Visto de cima, Zelda potencializou a idéia de um jogo explorável, dando a falsa sensação de liberdade e, ao mesmo tempo, de se estar perdido no meio de tanta terra. Qualquer jogo do Zelda vicia e muito, mas esse, junto com Ocarina of Time, do Nintendo 64, batem o recorde. Zelda é o possível causador da minha miopia e minhas crises de rinite.

1 – Chrono Trigger

Esse já ganhou o selo de qualidade Só Casando, e não a toa. Chrono Trigger inseriu dramaturgia ao mundo dos vídeogames, através do tema “viagem no tempo”, de uma maneira tão divertida que Robert Zemeckis se molha nas calças toda vez que alguém no mundo põe esse jogo no console. É uma obra-prima.

15 respostas para Super Nintendo (saudades…)

  1. icekilmer disse:

    Caramba até me emocionei agora, principalmente com o Chrono Trigger. Acho que cada um que visita seu blog e vê essa lista faria uma lista diferente e deixaria alguns, mas o bacana é ver como um console conseguiu marcar toda uma geração, coisa que nenhum dos novos consoles com seu gráficos espetaculosos conseguem fazer.
    Só pela nostalgia já valeu isso aqui.

  2. Ricardo disse:

    Tenho em casa, troco pelo seu wii facil facil

  3. Raul Arthuso disse:

    Suza, que bonito (o post)!

  4. lauradelrey disse:

    AAAAH! O Super Nintendo também é, sem sombra de dúvidas, o meu console favorito de todos os tempos! Esse Zelda, Street Fighter e Super Mario World são inesquecíveis, mas também merece destaque aquele velho e suculento Sim City, em que as residências eram quadrados com um R vermelho no meio, o comércio tinha os Cs azuis e a indústria os Is amarelos? Aaaaaaah!! Se alguém tiver um Super Nintendo com fita do Sim City, eu compro! Já achei em 200 lojas e.ou vendedores do ML, mas nunca com o Sim City.

  5. lauradelrey disse:

    Digitei tudo meio mal pontuado, mas tá valendo. Grande post!

  6. Tom Butcher Cury disse:

    Belo texto Suza! Não tive o Super Nes, mas rememorei (a là Rubens Machado) velhas sensações nerds antigas. Além de ter podido desfrutar a lembraça de jogos que tinham também no Mega Drive. Esse por sinal tinha o inesquecível “Altered Beast” e o clássico “Moonwalker”, no qual incorporávamos o Michael pra dançar e salvar criancinhas.

    Só uma coisa, quem introduziu o conceito Corrida/Lutinha foi o road rash, ou algo assim. A não ser que você diferencie ‘lutinha’ de ‘ultra-violence’.

    E meu: “Poucas coisas são tão emblemáticas no nosso incosciente coletivo como esse jogo que, na sua incrível capacidade de ser preconceituoso, criou personagens inexplicavelmente inesquecíveis.” é uma frase realmente incrível.

    Abraço.

    • Suza disse:

      Pois é, Road Rash não era bem “lutinha”, era mais uma coisa do tipo “dar porrada no meu adversário com um pé de cabra”.

  7. JC disse:

    Eu gostava mais do Mega Drive. [/semeandoadiscórdia]

  8. Social comments and analytics for this post…

    This post was mentioned on Twitter by suzasuza: RT @socasando: http://socasando.com/2009/12/01/super-nintendo-saudades/ Um top 10 de nerd…

  9. Mariana disse:

    Ahhhh! Cade o DK? Como nao entrou no top 10? Merecia vai!

  10. alyson disse:

    Eu gosto muito do super nes! só achei que faltou nessa lista o top guear e mk2, sem duvida melhor que o primitivo(porém não ruim) mk e ao mesmo tempo, da uma surra de qualidade no ridículo mk3 e umk3!

  11. paulo disse:

    Cade o Donk Kong ?

  12. centralhacks disse:

    centralhacks

    Super Nintendo (saudades…) | Só Casando

  13. The main reason why most people would want to
    get a laptop skin is because they might now be happy
    with the color or style of their laptop. The story of
    Silent Hill: Origins gets interested when Travis Grady. She was an editor at a women’s magazine who seemed,
    via email and a brief phone chat, nice and non-threatening.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: