Le Pétomane

Joseph Pujol

Certo dia, Joseph Pujol estava sentado na sala da sua casa, em Paris, quando reparou pela primeira vez o quão grande era seu patrimônio. Olhou para as decorações luxuosas que compunham o cômodo no qual se situava e disse para si mesmo: “E não é que eu sou rico?”. Depois, lembrou das inúmeras figuras célebres da sociedade européia que admiravam seu trabalho: Sigmund Freud, Edward, o príncipe de Gales, Leopoldo II, o rei da Bélgica, entre outros.

“Tudo isso por causa do meu esfíncter”, pensou.

Joseph Pujol era mais conhecido como Le Pétomane ou, traduzindo para o português, o Peidomaníaco, e foi talvez a maior e mais lucrativa figura do entretenimento francês no final do século XIX e começo do século XX. Suas apresentações no Moulin Rouge lotavam a platéia, que assistia com entusiasmo seu show centrado na sua capacidade espantosa de controlar seus movimentos anais e engolir ar com o cu, peidando quando quisesse e da maneira que quisesse.

Le Pétomane fazia, entre outras coisas, um número em que imitava uma série de animais enquanto recitava um poema sobre o ambiente rural. O poema era recitado com a boca, os animais eram imitados com o rabo.

Outra grande atração do show de Le Pétomane era reproduzir em peidos o enorme terremoto de São Francisco, de 1906. Pujol provocava na platéia não só a mais profunda admiração como também risadas histéricas.

Joseph Pujol descobriu suas habilidades intestinais ainda criança, quando nadava no mar de Marselha e sentiu um tanto de água caminhando bunda a dentro. Desesperado, ele foi correndo de volta para a areia, onde pode assistir a uma jorra sendo expelida para fora de seu maiô. Na semana seguinte, um médico examinou o boga de Joseph, e constatou que o caso não era nada grave, e que seu ânus dificilmente lhe traria problemas de saúde no futuro.

Foi só anos depois, ao servir o exército francês, que Pujol percebeu o seu potencial artístico, entretendo os recrutas do seu batalhão com puns melódicos e cômicos. Em 1887, Pujol tentou pela primeira vez montar um show de verdade, inaugurando sua vida como Le Pétomane num palco em Marselha, sua cidade natal. 5 anos depois, o show de Le Pétomane foi levado para o histórico Moulin Rouge, onde Pujol passou a ganhar cerca de 20.000 francos por apresentação.

A carreira de Pujol durou cerca de 30 anos. Incoformado com os horrores da Primeira Guerra Mundial, Pujol resolveu sair de Paris e voltar para Marselha, aposentando-se do Show Business, e abrindo uma loja de biscoitos. Joseph Pujol morreu aos 88 anos, em 1945.

A Universidade de Sorbonne ofereceu uma enorme quantia de dinheiro para a família de Pujol, pedindo em troca a possibilidade de estudar seu cadáver e descobrir os mecanismos diferenciados das suas partes baixas. A família recusou a proposta, e o funcionamento do reto de Joseph permanece, até hoje, um mistério.

Le Pétomane inaugurou uma profissão no mundo do entretenimento chamado de “flatulista”. Hoje em dia existem dezenas de flatulistas pelo mundo, entre eles, o Mr.Methane (Sr. Metano) que, vestido em trajes de super-herói, acompanha músicas clássicas com a busanfa.

Anúncios

4 Responses to Le Pétomane

  1. Arthur disse:

    Um texto incrível, assim como esse cara. Como gostaria que tivesse coisas dele na internet.
    Existe um filme pelo menos: http://www.youtube.com/watch?v=evwLzR57wsc

  2. Nina disse:

    Ele tá meio contraído nessa foto, deve estar falando:
    – Um momentinho que eu estou só engolindo o ar com o cu e já te mostro o que eu sei fazer.

  3. Pasquale disse:

    “Suas apresentação no Molin Rouge” não, né?

    • Suza disse:

      Arrumado.
      Sr. Pasquale da próxima vez faça o favor de me corrigir em privado, via e-mail (suza@socasando.com). Você fica fazendo eu passar vergonha na frente dos amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: