Dr. Morte

08/07/2010

Vai uma eutanásia aí?

Dr. Jack Kevorkian é um dos maiores ativistas vivos da eutanásia. Preso durante 8 anos por assistir mais de 130 pacientes terminais a morrerem de maneira rápida e indolor, Kevorkian foi apelidado pela imprensa de Dr. Morte, uma alcunha tão imparcial quanto Aquela Vaca Mal Comida, apelido que dei à minha professora de francês da 6 série quando ela me deixou de recuperação. Leia o resto deste post »


Bark!, um latido musical

08/06/2010

Imagina esse careca morando no quintal da sua casa, caminhando de quatro pela sala e fazendo cocô na calçada

Outro dia no cinema eu tive o desprazer de ver a propaganda de Bark!, Um Latido Musical, que conta a história de 6 cachorros que cantam e dançam no palco, causando desespero no espectador desavisado.

Talvez você ache precipitado de minha parte gongar com tanta veemência um espetáculo que eu nem vi. Por isso deixo aqui o vídeo-teaser de Bark!, Um Latido Musical, para que vocês vejam, vomitem um pouco, e não me acusem de leviandade.

Leia o resto deste post »


O Corpo de Cristo

03/06/2010

É o seguinte: Cristo nasceu no Natal, morreu na Semana Santa e ressuscitou na Páscoa, certo? Então que raios é Corpus Christi? E o que mais tem pra Cristo fazer que seja mais importante que nascer, morrer ou RESSUSCITAR????

Só ele e o Super-Homem.

Afinal, Corpus Christi deve ser mais importante porque sempre cai na quinta-feira e emenda, beeeem melhor que a Páscoa, que cai no domingo e só serve pra gente comer bacalhau.

Enfim, eu não sou tão interessada assim no assunto, mas esse ano me bateu essa dúvida. De novo: que raios é Corpus Christi? E por que tem esse nome tão difícil de falar?

Leia o resto deste post »


Atari: Que bela bosta

01/06/2010

Eu gostaria de fazer um pequeno experimento com você, leitor desse blog. Pare tudo o que você está fazendo, vai ser rápido!

Eu quero que você sente numa poltrona confortável, de preferência uma que recline. Acenda um incenso (se possível), desligue as luzes (se possível). Feche os olhos, inspire e expire. Preste atenção na sua respiração e tente imaginar a casa que você morava quando era criança. Lembre de como era passar a mão no carpete manchado da sala, lembre do cheiro de minâncora com naftalina que chegava sempre um pouco antes e saia sempre um pouco depois que sua vó vinha visitá-lo em casa. Leia o resto deste post »


Tarados

28/05/2010

Rá rá... Muito engraçado.

Uma das definições da palavra tarado, segundo o Michaelis é: “gír Diz-se do indivíduo maníaco ou apaixonado por alguma coisa: Fulano é tarado por música.” Mas isso é só uma gíria.

O tarado de verdade é aquele que minha mãe sempre me alertava quando eu ia sair de casa sozinha: “adj Que não regula bem da cabeça; desequilibrado moral ou mentalmente./Designativo de indivíduo que comete crimes sexuais violentos ou perversos.”

Ou seja. É pra ter medo de tarado sim. Minha mãe estava certa. E eu tenho. Sou traumatizada sem nem nunca ter nada acontecido comigo. Ainda bem!

Na verdade aconteceu sim. Leia o resto deste post »


Arroz e feijão

24/05/2010

Eu não faço o melhor arroz com feijão do mundo. A minha carne moída é ótima. Minha sopá de fubá, meu estrogonofe… Mas meu arroz com feijão é normal. Mas sabe por quê? Porque não tem segredo nenhum. Tem prática. E eu admito que tenho muita preguiça de fazer arroz e feijão. Mas como eu disse pra vocês que ia ensinar a Melhor Comida do Mundo eu preciso ensinar arroz e feijão, porque como uma mineira que se preze na minha Melhor Comida do Mundo tem feijão com arroz.

Confesso que peguei no google essa imagem. Tiro uma foto do meu feijão com arroz assim que der.

Leia o resto deste post »


As 100 Gostosas de 2010 da Maxim

18/05/2010

Capa da Maxim: Capricho ou não?

Da capo: todo ano, a revista Maxim elege as 100 gosto…

Antes disso: Existe uma revista chamada Maxim. É uma revista masculina dos anos 90, publicada na Inglaterra, mas que (imaginem!) foi exportada para os EUA e virou líder de mercado no segmento. Que setor? O da revistas feitas em torno do universo masculino. O leitor ou a leitora mais apressados podem pensar: mas 90% das revistas não são feitas com o universo masculino em mente? Calma, lá. A diferença é que nesse segmento de revistas, o universo masculino vem para primeiro plano, com matérias sobre sexualidade masculina, roupas, sonhos de consumo, homens os quais devemos nos inspirar e, obviamente, mulheres-que-sonhamos-um-dia-chegar-perto-mas-tomara-que-não-aconteça-senão-eu-vou-passar-vergonha. Em resumo: Maxim é a “Capricho” dos homens [assim como a GQ e a Esquire (sim, ela é isso)]. Leia o resto deste post »