Alguém entende a psiquê das personagens dos filmes franceses?

16/11/2009

Porque eu não entendo.

Não é à toa que a palavra blasé é importada de lá.

Os franceses são realmente  despojados e desapegados, sem dúvida. Mas toda vez que assisto a um filme de lá, fico embasbacado com a capacidade das personagens terem reações amenas em momentos de grande voltagem emocional.

E olha que eu não estou falando dos cineastas que fazem um cinema mais experimental e conceitual como o Godard. Estou falando dos que se propõem a fazer um cinema sofisticado, mas dentro dos parâmetros de uma dramaturgia mais convencional.

- Sabe, estou traindo você com outro homem. - Não sabia. Dá um trago?

Continue lendo »