Pensamento Negativo

12/06/2009

Por que ter “Pensamento Positivo”?

Há uns seis ou sete (ou quem sabe oito, nove) anos atrás eu tinha um amigo que encasquetou em ser “pueta”. E ele até tinha talento, meio bobo (e reacionário) às vezes, mas escrevia bem e talz, aí entrou em dois concursos de poesia: do colégio e “Jovens Talentos de Osasco”. Foi tão incentivado pelo professor Amilton que se achou o máximo e ficou tranqüilo – principalmente porque Osasco não pode ser chamada de “Celeiro de Craques da Poesia”. Pois bem: ficou em 9º lugar no concurso da cidade e em quarto lugar no do colégio, perdendo para duas minas nerds e um cara de Eletrônica Noturno, o que, pra quem não sabe, no meu ex-colégio significa DUMB. A decepção foi tão grande que largou a poesia e virou inteiramente bobo (e reacionário).

Continue lendo »

Anúncios