Pelé falaria

21/11/2009

- Gente, isso nunca aconteceu comigo antes, entende?

Ontem o Raul muito oportunamente celebrou os quarenta anos do gol Mil do Pelé no Maraca, feito histórico.

Como ex-jogador o Pelé – ou seria o Édson?- especializou-se em feitos não muito gloriosos.

Entre a operação de reversão da laqueadura, que possibilitou que tivesse os dois filhos com a Assíria, sua carreira bissexta como compositor de jingles institucionais para uma campanha de alfabetização (e seus bizarros duetos com a Elis Regina e Jair Rodrigues), sua breve experiência como técnico dos juvenis do Santos e muitas outras, a menos glorisa  para mim, de longe, é sua faceta de garoto propaganda.

Continue lendo »


Seu amiguinho

16/09/2009

Dollynho, eu te odeio!

Dollynho, eu te odeio.

O mascote do Guaraná Dolly é uma das coisas mais tenebrosas já feita na história da humanidade. Dizer que Dollynho é uma criação isenta de senso estético é pouco: não existe o menor traço de nulidade na feiúra que ronda essa criatura digital, dado que podridão, perversão e agonia são conceitos rapidamente evocados ao olhar para esse monstrengo hidrocéfalo. Continue lendo »