Woody Allen: Do Céu ao Inferno

21/11/2009

Se tem um cineasta que conseguiu fazer filmes em todo o espectro de cotações de qualidade, esse cara foi Woody Allen. Se as cotações fossem de zero a onze estrelas, talvez ele também conseguisse preeencher todas as gradações.

São 40 filmes em 43 anos de carreira. Obviamente, muita bosta. Mas também  filmes regulares, bons, ótimos e por aí vai até obras-primas.

Aproveitando o início da mostra “A Elegância de Woody Allen” no CCBB, eis uma lista do Céu e do Inferno de Woody Allen: Continue lendo »

Anúncios

Stand-up

02/09/2009
E aqueles amendoins que a aeromoça serve no avião? Qual é a desses amendoins?

E aqueles amendoins que a aeromoça serve no avião? Qualé a desses amendoins?

O Stand-up comedy, que é quando um cara sobe no palco e fica falando merda no microfone por tempo indeterminado, é um negócio que já existe há muito tempo.

Essa forma consagrada de fazer humor surgiu nos vaudevilles e music-halls do século XIX. Nessa época, a grande maioria das piadas tinham um teor étnico, ou seja, era um bando de branquelo protestante falando mal de judeu, preto e irlândes.

O stand-up comedy com uma temática mais cotidiana e/ou social surgiu só com Lenny Bruce, um cara que aparentemente era muito engraçado e falava uns palavrões tenebrosos já na década de 1950 e 1960. Considerando que termos corriqueiros como “piroca” e “cu” eram verdadeiros tabus nessa época, é bem capaz que você veja Lenny Bruce hoje em dia e ache um saco. Continue lendo »